Pó na Maquiagem, Precisa Mesmo?

pó maquiagem

Dia desses eu estava na casa de uma amiga e enquanto a gente conversava ela se maquiava pra sair. Papo vai, papo vem, ela me perguntou se a base que ela estava usando era boa, porque saia muito rápido. Eu logo perguntei: “Você passa pó depois?”. Ela me olhou e disse: “não, por quê? Precisa?”.

E pensando nessa pergunta que ela me fez, resolvi escrever este post. Mas já te adianto que a resposta é: sim! Com certeza precisa passar o pó e eu vou explicar a importância dele na composição da maquiagem. O pó em si é um produto finalizador e por isso eu recomendo passar por último, depois de tudo. Isso porque a textura cremosa da base ajuda a aplicar o blush, o iluminador, a sombra nos olhos, enfim, todos os demais produtos sem prejudicar a pigmentação. Depois, quando estiver tudo pronto, é só selar a pele, ou seja, aplicar o pó compacto, translúcido, ou o tipo de pó que você tem na sua casa.

O pó dá mais durabilidade pra make, ou seja, quando você cumprimenta alguém com aquele beijinho no rosto ou fala no celular, ela impede que a base vá ficando no rosto dos amigos, na blusa, na tela do celular, e por aí vai. Esse “rastro” que a gente deixa é justamente pela falta da selagem com a aplicação do pó. Faz sentido, né?

O pó também pode ser usado como um truque para ajustar o tom da pele. Digamos que se você passar uma base num tom abaixo do da sua pele dá pra corrigir da seguinte forma, você aplica um pó que tenha um tom acima justamente pra tentar igualar esta diferença. Esse truque é muito usado por maquiadores na “correção” da tonalização.

E você? Que tipo de pó você prefere, os compactos ou os soltos? Escreve aí nos comentários =)