Turbulência emocional na gravidez


 Foto: Lisa Boggs

Olá meninas!

Esse post é pra compartilhar o turbilhão de emoções que uma gravidez pode trazer pra sua vida. Quem ainda não tem filhos e planeja um dia ter deve achar meio incoerente, mas acredite, mesmo que você queira ser mamãe com todas as suas forças, pode ser que você passe por momentos meio complicados na gravidez. E eu não resolvi abordar este assunto pra te desanimar, muito pelo contrário! Filhos são bênção de Deus e trazer a maternidade ou paternidade pra sua vida vai enriquecer sua existência. A ideia é justamente te dizer que sim, esses momentos de turbulência podem acontecer, e você não será a única a passar por isso.

Eu engravidei enquanto estava estudando, bem no finalzinho do segundo semestre de um College lá em Toronto, no Canadá. Eu estava longe da família, e isso foi bem complicado pra mim. Ainda mais porque estava em plena época de trabalhos finais, apresentações e provas pra fechar o semestre.

Até aí, ok! Gravidez não é doença. O problema, no meu caso, é que sou uma pessoa que passa por poucas e boas na gravidez (nesta segunda gestação então, nem se fale). Eu sou daquelas que chora por besteira (tipo TPM ao cubo), tenho enjoos descontrolados e diários do momento em que acordo até ir dormir (a ponto de qualquer perfume e cheiro doce me fazer querer sair correndo), humor ótimo num dia e péssimo em outros. Enfim…eu viro outra pessoa.

E aí, só sei que pensar nos estudos e no estágio viraram assunto pra segundo plano. Tudo o que eu queria era ser cuidada por alguém e me livrar desses hormônios do mal. Não pensei duas vezes. Mentira…pensei umas mil e decidi pegar o avião e voltar pro Brasil pra passar minha gravidez por aqui. Muita gente disse que eu devia ter o bebê lá, mas decisões são decisões e eu sabia o que precisava fazer. Falar, vão falar, mas aprendi que temos que analisar por uma perspectiva interna, porque quem vai escolher o melhor pra você, será você mesma.

O fato é que coloquei meus estudos em stand by, porque logicamente não desisti deles. Mas resolvi que focar neste período da gestação e no bebê eram prioridades. O gélido clima canadense podia esperar.

Também passei por momentos de incertezas absurdos ao longo da gestação. Se eu tinha determinado foco antes, desfocou. Se eu queria alcançar determinados objetivos, tudo meio que virou de cabeça pra baixo e eu já não sabia mais se queria aquilo ou não. Loucura né? Tava quase procurando um terapeuta, mas percebi que toda essa confusão estava ligada com os hormônios doidos e que isso passaria.

E passou. Claro que ainda tem situações nas quais eu estou refletindo se realmente devo manter o plano A ou partir pro B, mas na grande maioria das dúvidas que apareceram eu percebi que muitas foram embora. Talvez este momento seja bom pra refletir na sua vida, nos seus projetos, e por mais que você pense em desistir deles, não desista porque é fase. Coloca seus planos em stand by, deixa guardadinho, porque depois que o baby vier sua vida aos poucos vai se ajustando à nova realidade, ou até mesmo no finzinho da gravidez suas ideias voltem a clarear.

Qual a fórmula mágica pra todas as possíveis questões, dúvida e anseios que possam estar te rodeando agora? Não existe! Queria muito poder te receitar um chá de camomila mágico que ajudasse a clarear as ideias, mas não existe (até onde eu sei né). O que posso te aconselhar é: reflita bem, pense, faça planos e espere porque tudo vai passar e muita coisa vai fazer ainda mais sentido pra você ao final de tudo isso.

Produtos para fixar a sombra

Um dos erros que eu cometia assim que comecei a desbravar o mundo da maquiagem era o de aplicar a sombra na pálpebra sem nada por baixo, ou seja, direto na pele. Imagina a frustração! Claro que não pigmentava nada! Nem o preto pegava. E eu me perguntava: Por quêeee isso tá acontecendooo???

Pois bem, se você é iniciante no make-up world e comete esse erro, esse post é pra ti! =D Ele vai te ajudar a pensar em opções que te ajudem a deixar sua sombra com uma intensidade de cor digna. A sombra pode ser da marca que for, daquelas caríssimas, nadinha adianta se não tiver por baixo um produto que ajude a ressaltar a cor.

Por isso listei aqui algumas das opções que você pode usar como fixador pra que a sombra “pegue” na pálpebra e te deixe super feliz.

Lápis de olho: Se você optar por um lápis então tem que ser daqueles jumbos (gordinhos) e na cor branca. Um dos produtos bem queridinhos de várias blogueiras é o Jumbo da Nyx, que você deve ter ouvido falar. Ele ajuda muito na preparação da pálpebra e a aplicação é bem fácil.
O bom desse lápis é que você pode usar pra várias funções, dá uma olhada: fixar a sombra (claro), fazer a linha abaixo da sobrancelha pra definir (não esquece de esfumar isso pelamor), aplicar na linha d’água ou usar pra iluminar o canto interno do olho. Amigo do peito, diz aí? Fora que também é mais prático de usar: destampou, usou!

Dica: Quem tem a pele oleosa (tipo eu!) é melhor evitar o produto. A própria oleosidade da pele em contato com a cremosidade do produto não deixa a sombra durar muito tempo. Triste, porém real! E aí pode ser bem penoso pra conseguir aplicar a sombra e trabalhar com ela. Mas fica tranquila, que o que não falta no mercado são opções!

Fixador em creme: Sabe daqueles que vem num potinho? É desse que tô falando (como este da foto: Eye Shadow Base). Ele só não é mais cremosinho que o lápis jumbo. E pra quem tem unhas cumpridas fica mais difícil de aplicar sem um pincel, porque a gente sabe que metade do produto fica debaixo das unhas, a menos é claro que você tenha uma habilidade mestra Rsrs.

fixador-sombra-nyx
Fonte: marikapurena

Primer de olhos: Tem um post só sobre primer aqui! Alguns parecem uma colinha, como o da MaryKay, outros podem ter o tom da pele, como o da Urban Decay (este também acho meio oleosinho). Mas como sempre, testa na loja antes de comprar. Por favor, não testa nos olhos! Eu não uso nenhum produto de mostruário nos olhos ou nos lábios, aplico tudo no dorso da mão. Dpeois que passar o primer, não esquece de passar uma sobra qualquer por cima pra ver a textura do produto e se ele realmente destaca a sombra.

fixador-sombra-marykay

Corretivo: na falta de um fixador, nada que um corretivo não resolva. Corretivo é tudo de bom! Tem um post sobre várias utilidades pra este produtinho do bem AQUI. Ele prepara bem a pele para receber o produto em pó. Há quem sele o corretivo dos olhos com um pó translucido antes de aplicar a sombra, mas eu particularmente acho que a pálpebra recebe melhor o produto se estiver somente com o corretivo por baixo. Até porque a sombra já é em pó, então ela por si só sela a pele.

fixador-sombra-quemdisse

Review: Paleta Vult 48 cores 3D

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes08

Essa paleta da Vult 48 cores 3D é o sonho de qualquer pessoa que ama maquiagem pela possibilidade de criar makes vibrantes com tons diferentes ou até mesmo pra quem quer jogar um colorido na produção.

Todas as cores são 3D, digamos que meio metalizadas, e a paleta traz uma diversidade bem interessante pra quem gosta de criar makes com bastante cor ou até mesmo dar um toque de luminosidade. Com sombras assim você pode mesclar cores mais opacas e aí aplicar a sombra 3D em pontos específicos ou se jogar nela pra brincar com as cores. De repente pra uma festa mais despojada, quem sabe? Rsrsrs. Tem tons de azul, roxo, rosa, laranja, amarelo, verde e cinza.

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes01

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes02

Algumas cores são mais fáceis de trabalhar do que outras. Os tons mais escuros, mais fortes, esfarelam um pouco na hora de passar o pincel e pode ser mais complicadinho na hora de espalhar a sombra pela pálpebra, dá inclusive pra ver as bolinhas nas fotos. Mas keep calm que vai dar certo, principalmente se for pra esfumar. Já com as mais claras isso não acontece.

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes05

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes06

Num geral, essa paleta traz sombras de cores intensas e, como eu disse, nos dá margem pra criar e ousar mais nas produções. Ela vem ainda com três tons de blush nas cores rosa, pêssego e vermelho. Tem também um iluminador que é bem clarinho, mas não se engane, porque ele ilumina bem. O pincel que vem junto é aquele clássico de esponjinha nas duas pontas.

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes03

paleta-vult-3d-48cores-blog-todas-as-estacoes04

Esta é a belíssima paleta de 48 cores 3D da Vult.

E você? Conhece a paleta? Gosta??? Me conta aí!

Beijos!

Paris 6: Minha Experiência

paris-6-blog-todas-as-estacoes-02

Finalmente fui conhecer o restaurante Paris 6 unidade Vaudeville aqui em São Paulo. Fazia tempo que eu tinha vontade de ir, principalmente pra experimentar a sobremesa deles ^^. O Paris 6 é uma casa inspirada em resurantes, cafés e bistrôs que ficam no 6º Distrito de Paris.

Fui num sábado, um dos dias que a casa mais lota. Cheguei por volta das 20h e esperei uns 40 minutos mais ou menos, até que liberassem uma mesa com dois lugares. Simples, vc deixa seu nome na lista com a recepcionista, elas te falam quantas pessoas têm na frente, e pega seu celular. Caso você não ouça elas te chamarem pra sentar, te mandam uma mensagem de texto avisando que é sua hora de entrar. Você também pode ir acompanhando por um monitor que tem na frente do restaurante mostrando os próximos a entrarem. Fora isso, você recebe uma mensagem dizendo que pode também acompanhar por um aplicativo.

paris-6-blog-todas-as-estacoes-01

Vamos falar de comida, que é o que interessa aqui Rsrs. Num geral, os pratos são bem servidos. A quantidade de comida é bem satisfatória. O Fábio pediu um Ceviche com risoto (um prato de peixe marinado em suco
de limão), e ele repetiu várias vezes que foi o melhor ceviche que ele comeu.

paris-6-blog-todas-as-estacoes-05

Já eu, pedi um strogonoff de frango com arroz e batata, não sou muito aventureira no paladar então não tenho o costume de pedir coisas novas pra experimentar Rsrs. A batata (que parece queijo ralado) não estava com a textura sequinha. Já meu prato, não considero o melhor, na verdade estava na média, mas se eu fosse dar uma nota pelo prato pra vocês entenderem, daria 6.

paris-6-blog-todas-as-estacoes-03

Pedimos também uma porção de batata baroa com queijo parmesão gratinado por cima. Pensa numa batata salgada. Era aquela! Mas isso foi por conta do queijo. Em outra oportunidade eu pediria a versão sem queijo. Não tocamos em metade da porção, uma pena.

paris-6-blog-todas-as-estacoes-04

Confesso que fui no Paris 6 por dois motivos: pela decoração do ambiente que diziam ser bem bacana e pra
experimentar a sobremesa. Pedi aquele clássico Petit Gateau que na versão deles ao invés de bola de sorvete vem um picolé. A minha chamava Grand Gâteau à Camila Queiroz (Resumindo: muito chocolate e eu adoro!). Cada prato tem o nome de um famoso, então você pode pedir já pelo nome do artista que tá tudo certo, eles vão entender.

paris-6-blog-todas-as-estacoes-07

Os garçons foram super simpáticos, atendimento muito 10. Só as meninas da recepção que achei meio frias, mas a simpatia dos garçons compensou depois. Me senti super à vontade por lá.

A decoração da casa é bem bacana mesmo. Tem fotos de artistas encenando em peças teatrais e cartoons de outros famosos, tipo do Neymar. O cardápio deles tem também várias fotos de famosos segurando os pratos que vem com o nome deles. O Paris 6 tem toda essa vibe teatral por apoiar espetáculos pela cidade de São Paulo, uma média de 20 todo mês. Eu achei isso muito legal.

paris-6-blog-todas-as-estacoes-06

Agora vamos falar de custos. Eu e meu marido juntos gastamos R$ 220 reais, incluindo já os dois pratos, a
entrada de batatas, dois sucos e uma sobremesa. Nada mal né? Pensei que sairia mais caro. Nós optamos por uma entrada salgada e uma sobremesa ao invés de dois doces no final. Então vai depender muito do que você prefere. Tem valet na frente que custa R$ 25,00 pelas primeiras 3h.

Eu devo ter saído de lá umas 22h30, e tinha 4 vezes mais pessoas esperando pra entrar. Então assim, depois das 21h a espera é longa, e isso se estende até de madrugada, já que funciona 24h.

Bom, foi essa minha experiência por lá. Gostei bastante e pensamos em voltar numa próxima oportunidade.

Já estiveram por lá? Conta aí nos comentários.

Beijos